<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, Setembro 23


Auto-retrato de S. Nunes Carvalho

Um Judeu Português
no “Faroeste Selvagem


Salomão [Solomon] Nunes Carvalho, um descendente de judeus portugueses nascido na cidade de Charleston, na Carolina do Sul, foi o primeiro fotógrafo a atravessar os Estados Unidos da América e a registar com a sua objectiva as paisagens e as gentes do longínquo e mítico Oeste americano.
Integrado na quinta expedição do coronel John Charles Frémont, destinada a explorar traçados possíveis para o caminho de ferro entre o rio Mississippi e a costa do Pacífico, Nunes Carvalho tirou mais de 300 fotografias (daguerreotipos) da expedição, muitas delas em condições de extrema dificuldade.
Considerado um dos melhores daguerreotipistas americanos da época, Salomão Nunes Carvalho tinha um estúdio na cidade de Baltimore e era reconhecido também como retratista e pintor. Alguns dos seus desenhos chegaram a figurar nas notas de um dólar da Reserva Federal.
O coronel John Charles Frémont tentara recolher registos fotográficos das suas viagens anteriores, chegando mesmo a tentar ele próprio a complexa arte do daguerreotipo, mas sem qualquer tipo de sucesso. É a sua reputação que faz com que Frémont convide Nunes Carvalho para acompanhar a expedição.
Salomão Nunes Carvalho nasceu a 27 de Abril de 1815 no seio de uma família judaica de tradição e ascendência portuguesa. O seu pai, David Nunes Carvalho, fora um dos principais impulsionadores do movimento de reforma litúrgica judaica nos EUA, defendendo a tradução dos livros de orações e a introdução de sermões em Inglês nas sinagogas, chegando a ser um dos fundadores da Reformed Society of Israelites de Charleston, a primeira congregação americana do judaísmo reformado. O tio de Salomão, Emanuel Nunes Carvalho, mais tradicionalista, era hazzan (condutor da liturgia) da comunidade de judeus portugueses de Barbados, emigrando depois para os EUA, onde exerceria as mesmas funções nas sinagogas portuguesas de Charleston e Filadélfia. Em 1815, o ano em que Salomão nasceu, o seu tio publicou o primeiro livro de gramática hebraica escrito por um judeu nas Américas.
Criado no seio de uma família onde o judaísmo fazia parte do quotidiano – das orações às restrições alimentares impostas pelas regras de kashrut –, uma longa e perigosa viagem por montanhas e florestas representou um desafio acrescido para o fotografo da expedição do coronel Frémont.
Em várias ocasiões, a falta de mantimentos obrigou Nunes Carvalho a quebrar as duras regras diatéticas do judaísmo. Nos rigores do Inverno do Colorado, conta Salomão no seu diário de viagem, durante um nevão que durou quase uma semana, os exploradores foram obrigados a comer uma das mulas.
A aventura de Salomão Nunes Carvalho, iniciada a 22 de Agosto de 1853, demorou mais de um ano. De Kansas City a Los Angeles, o fotógrafo descendente de judeus portugueses transpôs as montanhas Rochosas, passou pelo Lago Salgado, pelo Grand Canyon e atravessou os desertos de Mojave e Death Valley.
Os mais de 300 daguerreotipos com que Nunes Carvalho registou a sua expedição perderam-se irremediavelmente no incêndio de um armazém em Nova Iorque, em 1881. Recentemente, o fotografo norte-americano Robert Shlaer decidiu reconstituir o registo fotográfico perdido da aventura de Salomão Nunes Carvalho. Utilizando as mesmas técnicas fotográficas e recorrendo ao diário do fotógrafo novecentista, Shlaer reconstituiu parte da viagem no livro Sights Once Seen: Daguerreotyping Frémont's Last Expedition Through the Rockies , lançado dos EUA em 2000.
Em Portugal, o país de onde emigraram os seus pais, o nome de Salomão Nunes Carvalho é totalmente desconhecido.


Anúncio de jornal: publicidade ao estúdio fotográfico
de Salomão Nunes Carvalho



Os filhos de Nunes Carvalho, David e Charity.
À direita, auto-retrato “já avançado nos anos”.


Aldeia Cheyenne. Provavelmente o único daguerreotipo
da expedição de Nunes Carvalho que sobreviveu ao incêndio de 1881.



:: A LER :: Incidents of Travel and Adventure, edição on-line do livro de Salomão Nunes Carvalho baseado nos seus diários de viagem / Route of 1853 railroad / Early California Jewish Biographies / Collected Works Bookstore - Jews Among the Indians

:: A VER :: Auto-retrato de Salomão Nunes Carvalho (Library of Congress Daguerreotype Collection) / Daguerreotype Portraits and Views, 1839-1862 (Library of Congress Daguerreotype Collection)