<$BlogRSDUrl$>

terça-feira, Novembro 9


Kristallnacht – A Noite de Cristal
(9 de Novembro de 1938)



Nuernberger Tor, uma das entradas da Universidade da cidade alemã de Erlangen,
9 de Novembro de 1938. No cimo, uma faixa declara a proibição de entrada a judeus.
Em baixo, outra faixa apela ao recrutamento para o partido nazi.


Kristallnacht, a Noite de Cristal, ou O Pogrom de Novembro, marcou o início da marcha macabra para uma das páginas mais negras da História da humanidade. Nas noites de 9 e 10 de Novembro de 1938, numa manobra cuidadosamente orquestrada por Joseph Goebbels – o chefe da propaganda nazi –, por toda a Alemanha e nos recém conquistados territórios da Áustria e Sudetenland (Checoslováquia), as populações judaicas foram vítimas de atentados e ataques continuados nas ruas, em suas casas e nas sinagogas, naquele que seria o maior pogrom da história. Pogromnacht. Pelo menos uma centena de judeus foram assassinados e largas centenas ficaram feridos; cerca de duas mil sinagogas foram incendiadas; perto de 8 mil lojas e escritórios propriedade de judeus foram pilhados e destruídos; cemitérios e escolas judaicas foram vandalizados; mais de 30 mil judeus foram presos e enviados para campos de concentração.
Para os judeus alemães as restrições haviam começado muito antes da Kristallnacht e leis e medidas anti-judaicas eram já aplicadas há vários meses. Entre as numerosas directivas, os cidadãos judeus eram obrigados a declarar todos os seus bens; as suas empresas e pequenas lojas tinham de ser registadas e expressamente sinalizadas; os inquilinos judeus perderam todos os seus direitos legais; médicos, advogados e professores judeus foram proibidos de exercer as suas profissões. Todos os judeus alemães passaram também a ser obrigados a possuir um passaporte especial, marcado com um “J”, e um nome próprio foi acrescentado a cada judeu: “Israel”, para os homens; “Sarah”, para as mulheres.
Kristallnacht, ליל הבדולח, fora “uma bofetada no rosto da Humanidade”, como lhe chamou Elie Wiesel. Mas o mundo ignorou os sinais e voltou a face. O Holocausto (shoá, שואה) estava à porta.



Kristallnacht
9 de Novembro de 1938










::A LER::Quase em Português (um excelente post de Lutz Brückelmann) / The United States Holocaust Memorial Museum :: Kristallnacht - The November 1938 Pogroms Virtual Exhibition (fotos, documentos e testemunhos em video) / Kristallnacht - Wikipedia / ליל הבדולח / Jewish Virtual Library – Kristallnacht: Table of Contents / Simon Wiesenthal Center Multimedia Learning Center Online / Kristallnacht 1938 - Zeitzeugen berichten / Aish.com - Kristallnacht / Aish.com - Kristallnacht And The World's Response / Remember.org - Kristallnacht Perspective / PLETZ.com - A NOITE DE CRISTAL 65 ANOS DEPOIS - Edda Bergmann / Yad Vashem - About The Holocaust / Yad Vashem Kristallnacht - Pages of Testimony / Rescuers From the Holocaust/Introduction / United States Holocaust Memorial Museum / United States Holocaust Memorial Museum - Antisemitism / Memo38 (Alemão e Inglês).